— Sua filha dorme a noite toda? — Não, acorda bastante, eu quase não durmo… — A minha