Essa é uma fase em que a gente já fica imaginando como começar, não é? Pensamos no xixi pela casa, nas roupas molhadas durante o dia, na gente sentada no chão do banheiro cantando por alguns minutos pra ver se a criança consegue fazer xixi no vaso, cheias de expectativas.

Sei que nessa hora nossos ouvidos ficam atentos pra a descida do primeiro pingo e quando ele acontece, dá vontade de pular de tanta alegria! Mas calma… Sem muito agito pra criança não se assustar e regredir no processo.

Geralmente, o período do desfralde é entre 18 meses e 3 anos, quando ocorre a fase anal, de acordo com a teoria do desenvolvimento de Sigmund Freud. Significando que os sinais nervosos chegam com mais rapidez ao esfíncter (estrutura muscular que abre, fecha e controla a passagem de várias substâncias). Então o(a) menino(a) vai ganhando maturidade e percebendo algumas mudanças em seu corpo.

Essa é uma fase que exige muita paciência, pois é algo novo que começa a ser inserido em seu dia a dia. E para que a criança comece a entender e ir tendo sucesso nesse processo, é preciso apoio, incentivo e, acima de tudo, respeito pelo tempo que ela leva para deixar de vez a fralda, afinal, são seres únicos e cada um tem o seu ritmo.

Até a criança começar a compreender que é preciso ir ao banheiro quando vem a vontade do xixi ou cocô, muita coisa vai ficar suja pela casa, mas com calma e persistência você vai conseguir, assim como eu.

Algo que sempre digo e acho fundamental para o sucesso do desfralde é: mantenha-se firme e não volte atrás depois que você iniciar.

Vai surgir a vontade de desistir, mas é preciso respirar fundo e lembrar do objetivo, pois interromper tudo por falta de paciência só irá confundir a cabecinha dos pequenos e essa não é a nossa intenção. Combinado?

Saiba que poder ver, depois, nosso(a) filho(a) mais independente, indo ao banheiro sozinho(a) deixa a gente tão orgulhosa, com um sentimento de dever cumprido e que valeu a pena ser tão persistente.