Educar um filho é uma tarefa muito, mas muito difícil, concordam comigo???

E nós, pais, somos tão julgados por isso. Quantas vezes ouvimos:

“Filho meu não faz isso, não”

“Ahhh, se fosse meu filho…”

“Essa mãe não sabe educar, olha lá gritando”

Julgamentos assim são bem comuns de ouvirmos por aí, ou até piores, acreditem!

Educar exige muito cuidado, paciência, amor e entrega. Quantas vezes precisamos respirar fundo para não gritar, depois de ter conversado milhões de vezes? Quantas vezes choramos por ter gritado e logo vem aquele arrependimento, pois sabemos que poderia ter sido diferente???

Muitas vezes! Mas nada disso quer dizer que somos pais que não sabem lidar com a situação ou que não servem para ter filho. Isso não existe. O que existe, de fato, são situações, e algumas bem complicadinhas, que pedem tanto da gente, que nos deixam de “cabelo em pé”, e até sem saber o que fazer. Isso vai acontecer com qualquer mãe ou pai.

O que vale, de verdade, é sempre repensarmos atitudes, reconhecendo que somos falhos, somos humanos e temos nossos próprios limites.

O que vale é o amor e a persistência pra gente nunca desistir de aprender, pois educar é um constante aprendizado.

O que vale é essa troca calorosa de carinho, amor, respeito e afeto, são os valores que passamos para nossos filhos.

Sempre seremos criticados por alguma atitude, a questão é: só sabe o que é educar uma criança quem tem uma em casa!!

E como sempre gosto de dizer: não existe uma fórmula!!

Compartilho aqui aquilo que dá certo comigo, pode não funcionar com vocês, mas pode ser também que alguém leve uma mensagem legal e é essa mensagem que precisa ser passada.